4.2.06

É ainda manhã. Somos ainda os dois.
Gostaria de pensar que para sempre,
mas quem se atreve?
Para sempre nem estas palavras sobrevivem
ou quem as lê. Poderia negá-lo, aqui.
Mas de que serve?

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O segredo está nos pequenos prazeres do dia a dia.
stela

10:15 da tarde  
Blogger João Villalobos said...

Pois é stela. Daí o título do blogue. :)

10:41 da tarde  
Anonymous ritinha said...

a ultima vez que me disseram "para sempre", deixaram-no pela metade.. :) ** Mas soube tao bem essa metade, mas tao tao bem, que eu duvido querer viver mais uma assim .. :) * Metadinha deliciosa! ... Bonito "poema" :) Sweet Kiss*

P.s. - muitos testes, meia desaparecida. Trabalhos a mais. Professores Xatos. A culpa é deles. Desculpem. :)

12:36 da tarde  
Anonymous Estrela said...

Pequenos prazeres para sempre. Aproveitá-los, saboreá-los, vivê-los. Porque não acreditar que são para sempre, enquanto estamos neles? Na verdade, nem vale a pena pensar muito nisso. Só o sentimento basta. Gostei muito.

12:46 da tarde  
Anonymous migalha said...

Why read, what to write?
Get rid of me for a night.
Quiet restleness, cried her.
"How wrong, to be right".
How come, not to fight?
And he sobbed, facing the child.

2:49 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home